03/09 13:51

Webinar do CEE-MA discute a importância da Educação Infantil no processo formativo humano

educacaoinfantilwebinar

A primeira etapa da educação básica visa ao desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social de crianças de 0 a 5 nos. Com o intuito de fomentar o debate sobre o tema, o Conselho Estadual de Educação do Maranhão (CEE-MA) realizou, nesta quarta-feira (2), às 16h, Webinar para discutir a importância da Educação Infantil no processo formativo humano. A transmissão do encontro foi realizada pelo Canal YouTube da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O evento contou com a participação do vice-presidente do CEE-MA, Roberto Mauro Gurgel Rocha; de Heloisa Varão Santos, mestre em Desenvolvimento Humano e doutora em Educação; e do doutor em Educação e professor, Jorge Fernando Hemida. A mediação do encontro ficou a cargo da presidente do CEE-MA, Soraia Raquel Alves.

O alto nível de conhecimento dos palestrantes trouxe para o encontro informações importantes que ajudarão as escolas a lidar com a pedagogia da Educação Infantil. Para os palestrantes, o aproveitamento adequado dessa etapa permite que as crianças cresçam com mais autonomia e tenham mais sucesso em sua vida escolar e individual.

Roberto Mauro Gurgel defendeu uma Educação Infantil onde a valorização das crianças de forma integral seja respeitada e ressaltou que o cuidado é imprescindível para o desenvolvimento intelectual e social dos pequenos e da sociedade de modo geral.

“É necessário que se tenha uma estrutura na educação que respeite a criança na sua totalidade. A criança não é só educação, ela é saúde, assistência, segurança e por aí vai. Estamos em uma trajetória e na medida em que a criança vai tendo essa visibilidade no nível das políticas, também se inicia a união da educação com a política da assistência. Nesse sentido, há um grande salto, porque leva a Educação Infantil a ter a preocupação com o cuidado. A pedagogia da educação Infantil hoje é a pedagogia do cuidado e do respeito e é essa pedagogia que deveria nutrir a sociedade como um todo”, explicitou.

 Jorge Fernando Hemida argumentou que é necessário investir na valorização dos professores e defendeu a ampliação do diálogo com as comunidades, onde o acesso à educação é mais restrito. O professor disse ainda que é necessário levar “conhecimento” a quem não tem, mas sem radicalizar o processo.

“Temos que ter um olhar carinhoso para os professores e na educação das crianças, o jogo, o brinquedo, a brincadeira devem ser valorizados. Precisamos dialogar com as comunidades e nesse processo é importante mais comunidade, menos academia. É necessário levar educação onde o cidadão não tem, não como um colonizador, mas estabelecendo um diálogo horizontal para sabermos quais as principais demandas, quais as necessidades educacionais daquela comunidade, assim formaremos cidadãos críticos”, expressou.

O Webinar contou ainda com a participação de professores, conselheiros estaduais e municipais e de estudantes de diversos municípios do Estado, que acompanharam o evento e destacaram a sua importância para fortalecer o debate na luta por uma Educação Infantil de qualidade no Maranhão.

“A criança enquanto sujeito de direito precisa brincar, é importante para a sua infância. Observamos cada vez mais a importância efetiva do trabalho da educação no desenvolvimento da criança. Então, tivemos um ótimo diálogo que aprofundou as questões sobre a Educação Infantil e fortaleceu o nosso trabalho”, exprimiu a presidente do CEE-MA, Soraia Raquel.

Heloisa Varão Santos ressaltou a importância do trabalho dos professores de escolas comunitárias, destacou a necessidade das parcerias, para ajudar as crianças a desenvolverem suas as potencialidades no dia a dia e lembrou que o tempo adequado para executar as ações em prol da Educação Infantil é agora.

“Há uma sede de conhecimento de professores de escolas comunitárias, eles estão preocupados em fazer bem feito, fazer melhor, mas é preciso parcerias com as universidades e com as escolas particulares, que vão saber usar esse momento como campo de estágio. Muitas coisas que precisamos podem esperar, a criança não. A infância passa depressa e é exatamente agora que o sentido da criança está se desenvolvendo, para ela não podemos responder amanhã, porque o seu nome é hoje. Então, as políticas públicas precisam ver esse hoje, aqui e agora”, assegurou

 

Fonte: CEE
Data:03//2020
Fotos: Divulgação
Texto: Antônio Figueredo

Contatos

contatos

Rua do Sol, nr. 412, Centro
CEP: 65020-590
São Luís - Maranhão

Telefone de Contato:
((98) 3221-7308-Geral
(98) 3221-2678-Presidência
(98) 3221- 0604-Secretaria Geral
(98) 3221-2271-Assessoria

Localização

localização

Click to open larger map